A vocação da semente (pregação Pr. Jadir 26/09/2010)

Postado em

A VOCAÇÃO DA SEMENTE

Leitura bíblica: Eclesiastes 11:1-6.

Introdução

O principal tema do capitulo 11 de Eclesiastes é o de fazer o que é bom enquanto é tempo.

Salomão começa desde o inicio do capitulo falando o que Jesus iria verbalizar depois. Salomão alerta ao leitor do livro de Eclesiastes dizendo, seja generoso, ou seja, ajude, ame o próximo, porque tudo o que você der aos outros voltara pra você.

Logo após nos orientar a sermos generosos, Salomão nos ensina que devemos dividir o que temos com outras pessoas, por um dia nos podemos precisar.

Esse dividir que Salomão fala é muito mais do que dividir algo material com alguém, muitas vezes é apenas um abraço que muitas vezes alguém do nosso lado esta precisando, uma palavra de apoio, uma visita. Nunca esqueça de que um dia é você quem pode precisar, e como disse Salomão tudo o que fizer voltará para você.

Para entender o raciocínio de Salomão ao seguir o texto, temos que juntar os versículos 3 e 4. Ele diz que a chuva caindo, se a árvore cair para a esquerda ou para direita, onde cair, ali ficará. Ele continua dizendo que, se você esperar que tudo fique normal, jamais fará qualquer coisa. Essa arvore na qual Salomão se refere são as barreiras que atravessam no nosso caminho, o grande problema é que muitas vezes nos ficamos parados esperando a barreira sair sozinha. Para que a barreira saia de nossa frente nos temos que reagir, tomar uma atitude de realmente buscar a face de Deus. É impossível uma arvore se mexer sozinha, eu não sei o tamanho da arvore que caiu no meio do seu caminho, mas eu sei de um Deus que remove montanhas para abençoar sua vida, desde que você tome uma atitude na presença dele, desde que você se aproxime dele e lute também contra essa dificuldade.

(vs 5) Salomão inspirado por Deus nos fala algo que acrescenta a esperança que Deus por mais que esteja em silencio, esta trabalhando. Salomão diz que os caminhos de Deus são tão misteriosos quanto o caminho do vento, tão difíceis de se descobrir como a maneira pela qual se forma a alma de uma criança no ventre de sua mãe. Nós muitas vezes por não agüentar mais algo que esta acontecendo em nossa vida , queremos saber ou descobrir qual é o querer de Deus, mas os caminhos de Deus são misteriosos, temos unicamente que confiar em Deus, e crer que ele sabe o que faz, lança sobre Deus a sua ansiedade por que ele tem cuidado de você.

(vs 6) Não pare de plantar suas semente, você não sabe qual vai dar fruto, talvez todas dêem.       Uma grande verdade bíblica é de que, tudo o que plantamos nos vamos colher, cada um de nos sabemos o que plantamos e temos consciência se vamos colher coisas boas ou ruins, Salomão nos aconselha a nunca parar de plantar.

 

OS SETE PRINCÍPIOS DA SEMEADURA

1)    O princípio da proporcionalidade (2 Co 9:6): “E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará”. Sempre de acordo com a semente disponível.

2)    O princípio da qualidade (Gl 6:7): “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará”. (Gl 6:8): “Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.” Colhemos da espécie do que semeamos. Mas se não semearmos nada, não comemos, ou passamos necessidades.

3)    O princípio da fidelidade (2 Co 9:10a): “Ora, aquele que dá a semente ao que semeia”. Deus dá semente apenas ao que semeia.

4)    O princípio da paciência (Tiago 5.7): em áreas de invernos rigorosos, as sementes podem passar o Inverno debaixo da neve, dormentes, só germinando na Primavera.

6)    O princípio do sacrifício (1 Co 15:36): “Insensato! o que tu semeias não é vivificado, se primeiro não morrer.”

7)    O princípio da oportunidade (Ec 11:4): “Quem observa o vento, nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará.”

Conclusão: Semeamos com atitudes, bens,  palavras, acções, mas sobretudo com o nosso trabalho para a expansão do reino de Deus.

Gálatas 6.8 “… mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna.’